Páginas

A minha relação com a internet

Quando eu era criança, internet pra mim era um sonho distante. Do tipo que eu só usava na escola, pra entrar no site da turma da mônica em aulas livres. O primeiro computador que eu tive, nem foi meu. Minha irmã comprou, e era enorme, branco, e o que tinha de mais legal nele era o paint. Isso foi em 2003, e ter um computador era "wow, nossa". Eu lembro de que a minha irmã, só usava a internet nos fins de semana, por internet discada. Mas era o máximo ter aquilo em casa.

Eu comecei a me interessar mais um tempo depois, lá pra 2006, porque eu queria entrar no site do RBD, de qualquer jeito! E demorava horas pra conectar a internet, e mais horas para o site carregar. "vai logo aí, menina! Tem que ligar o telefone! E se alguém ligar? E se for urgente? Cuidado com a conta!". Eu nem sonhava com internet banda larga. Antes de ter o meu computador, eu era ignorante demais pra saber dessas coisas. Mas mesmo assim, era só diversão, passatempo, nada que eu adorasse. 

Daí, o computador pifou. Buf. Tchau. (e aparentemente, eu levei a culpa, porque eu salvava fotos demais do RBD, pode?)

E incrivelmente, depois disso, as coisas começaram a avançar. Computador não era mais coisa de gente rica. Internet discada? Nunca! Foi quando eu ouvir falar do Orkut e MSN pela primeira vez. Confesso que não entendia o conceito daquilo tudo, mas se as minhas amigas falaram que era legal, oras "pode fazer o meu cadastro", eu disse. 

O Orkut ainda era a base de convites. E no cadastro, eu lembro que eu deveria fornecer um apelido, e foi "nana rbd". O meu primeiro msn, era uma beleza só! Não tinha nome de desenhos, nem artistas, mas era o máximo que uma garota de 11 anos como eu era, iria pensar. Depois disso, eu entrava muito raramente em ambos. Só quando ia na casa da minha amiga que criou as contas, e a foto do meu perfil era da Dulce Maria. Mas era legal. Sério. Demais.

No  final do ano seguinte, 2007, eu ganhei o meu primeiro computador. Lindíssimo! Preto, tela LCD, e o mais importante: Minha mãe colocou banda larga. SIIIM!! <3 ainda naquela ano, computador era um "artigo de luxo", e a minha mãe praticamente parcelou em todas as vezes que pode. Eu lembro que ela repetia muito sobre a importância do computador nos meus estudos, mas eu não entendia o que ela queria dizer. 

Layout 1.0


Yeahh! Meu layout ficou pronto! nem tenho como medir a minha felicidade. Ficou do jeitinho que eu esperava, e é tão bom saber que é meu, hihi.

Eu fiquei um bom tempo procurando um designer para fazer o meu layout. E confesso: Foi bem difícil encontrar. A maioria dos designers me cobraram um valor absurdo. O maior valor que eu encontrei foi R$ 800,00 e a média ficou nessa. Como eu não acho necessário pagar um valor tão alto em algo que não é palpável, já estava quase desistindo. 

Quando finalmente encontrei.

Quem fez o meu layout foi o Matheus do Dodlee Luv junto com a equipe Santo Blog, e de verdade? Eu não tenho do que reclamar. Eles foram super atenciosos comigo, e apesar dos probleminhas que eu tive na hora de pagar,  não me cobraram nem nada. Estou cem por cento satisfeita, e recomendo. Além dos pacotes com preços super acessíveis, eles são super gente boa, e são ótimos! Na primeira aprovação, eu já estava encantada com o trabalho, e  nem pedi para mudar muitas coisas. Souberam captar exatamente  o que eu queria. 

Fiquei tão satisfeita, que já estou planejando o meu próximo layout, haha. 

Mas eu quero saber a opinião de vocês, gostaram?